quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

TENHA UM LIVRO DE POESIA...

Foto: Aos amigos que haviam perguntado, ao demais e a todos que gostam de poesias, minhas modestas indicações.

***Amor Frustrado***

***Amor Frustrado***

Bem que queria,
Esquecer você,
Sair e viver a vida,
Desligado de tudo
Que me faz lembrar,
Que me faz pensar,
O quanto quero estar,
Contigo em meus braços,
Sentindo o calor do abraço,
Que anseio receber,
Sentir nos lábios,
O toque dos seus,
Saciar o simples desejo,
De receber seu beijo,
E com você viver,
Um instante feliz,
Partilhando o carinho,
As multiplas carícias,
Fazendo mil delícias,
Tudo que possa supor,
Que é permitido no amor,
Mas nada posso ter,
Isso é duro de reconhecer,
E não é imaginação,
Você é real e especial,
Mas não para este mortal,
Que sabe e se reconhece culpado,
Mas não consegue afastar o mal,
De amar sem ser amado.

***Claudio Leite***
**Em 03-12-2014**

***Flor do Amor****

***Flor do Amor****
Ainda que eu não fale,
Mesmo em silêncio,
Sonho com o momento,
Que eu possa expressar,
Tudo que quero e que sinto,
Sei o que não devo fazer,
Busco tudo que possa trazer,
A mínima possibilidade,
De ter um amor verdadeiro,
Que afaste definitivamente,
Todos os meus fantasmas,
E apesar da grande dificuldade,
Não me permito desistir,
De obter este amor por inteiro,
Essa é uma causa que entusiasma,
Motiva e dá mais ânimo para a vida,
Permite que se tenha um nova percepção,
Que se veja e descubra toda beleza que há,
Desde a beleza das rosas e suas cores,
A das pessoas, que nos revelam seus interior,
Lindo como os mais floridos jardins,
É assim, mesmo que me cale, que não fale,
Quero uma oportunidade, para revelar o lindo jardim,
Que cultivo, carinhosamente, no meu jardim interior,
Esperando para te oferecer esta linda flor,
A flor do amor.
***Cláudio Leite***
**Em 02-12-2014**

***Pensando***

***Pensando***

Amor na vida,
Amor pela vida,
Amor a vida,
Amor de uma vida,
Amor é vida,
Vida é:
Nascer,
Crescer,
Viver,
Adquirir,
Ter,
Ser,
Interagir,
brincar,
trabalhar,
divertir,
imaginar,
Sonhar,
Pensar,
Conhecer,
Descobrir,
Relacionar,
Amar...
Tudo é vida,
Mexa-se,
Procure,
Uma hora,
Há de encontrar,
Até que o fim,
Venha tudo cessar.
**Claudio Leite**
*EM 01-12-2014*

***Palavras que Libertam***.

PARA O CONCURSO DO DEGASE/FLIZO, NO QUAL LOGRAMOS UMA TERCEIRA COLOCAÇÃO.

***Palavras que Libertam***.

Mãe,
Sinônimo de doação, dedicação e abnegação,
Quem carrega o filho no ventre, nos braços,
E orienta os seus primeiros passos,
Ela estimula seus sonhos e anseios de liberdade,
Orienta o crescimento e a formação,
É o porto seguro quando ele sai na busca do seu espaço,
Ela o prepara para a vida, para a luta por realização e libertação,
Em casa torce, enquanto espera notícias, cheia de saudade.

Educação,
Sem dúvida alguma é a melhor opção,
Que com proposta e sem favoritismo,
Permite o crescimento e ascensão social,
Libertando do analfabetismo, um grande mal.

Música, Arte e Poesia,
Mais que palavras,
São formas de expressão,
Que juntas ou separadas,
Exprimem e libertam com grande emoção.

Amor!
É o amor, esse sentimento arrebatador,
Que liberta e transforma o homem,
Fazendo-o ver a vida com mais cor,
A descobrir e libertar sua beleza interior,

Morte!
Palavra que para quem tem fé,
Nada mais é, que uma renovação,
Faz a libertação de pessoas de todo porte,
Para outro plano, seja pela redenção ou reencarnação.

A estas palavras que libertam, adicione o que foi dito e escrito,
Palavras que são um estímulo e orientação,
Que servem como base para a formação,
Sim, como deixar de lembrar as palavras e de Jesus Cristo,
Que são verdadeiras fontes de amor, vida e libertação.

***Cláudio Leite***.
*** 20-10-2014 ***.

***Contato de Corpos***

***Contato de Corpos***

Gosto de beijar seus lábios,
De contatos da pele, dos corpos,
Não me contento só em olhar,
Gosto de sentir, por a mão, tocar.

Em cada contato uma sensação,
No rosto uma nova expressão,
Revelando o que sentimos no momento,
Em que não há palavras, só corpos em movimento.

A pele toda eriçada,
A boca meio ressecada,
O coração em disparada,
A respiração descompassada.

Todo o corpo ativado,
Para esse encontro aguardado,
Com uma imensa ansiedade,
Numa entrega total, repleta de vivacidade.

Esse momento de entrega,
Esse encontro de corpo e alma,
Essa troca de sentimento e carícias,
Faz o encontro de quem ama, uma delícia!

***Cláudio Leite***
**em 27/11/2014**
119 pessoas alcançadas

***Conhecendo o Mandacaru.***

***Conhecendo o Mandacaru.***

Ao pesquisar pude perceber,
Quão simbólico é o mandacaru,
E a sua importância para nordestino,
Que a conhece desde menino.

Realmente não conhecia,
E muito pouco sabia,
Não senti o perfume da flor,
Nunca vi e nem sabia sua cor.

Mas a natureza é prodigiosa,
E opera feitos de magnífica grandeza,
E na seca, em que o calor tem força raivosa,
O mandacaru é reserva de vida da natureza;

A forma espinhosa retém a água,
Que ajuda o sedento a superar a sede,
O seu caule e bagaço picado,
Combate à fome e alimenta o gado.

Reza a crença e a lenda popular,
De que sempre que flor do mandacaru desabrochar,
Dos céus, as águas da chuva irão brotar,
Para o solo molhar, irrigar, fazendo a vida germinar.

Claudio Leite
Em 26-11-2014
74 pessoas alcançadas

***Impedimento***

***Impedimento***
Nem sei como aconteceu,
De repente você apareceu,
Ocupou a minha emoção,
Minha vida, meu coração.

Foi assim, subitamente, você chegou,
Sem aviso, preencheu e ocupou,
Um espaço que, invariavelmente,
Estaria fechado definitivamente.

No entanto, seu jeito criança,
Muitos sonhos, cheios de esperança,
Deu a vida um novo sentido, uma nova cor,
Despertando-me para o amor.

Ainda assim, nada posso te dar,
Nem tudo que se quer, pode-se ter,
Não o podemos partilhar, só amar e esperar,
Até ver cessar todo impedimento que há.

***Claudio Leite***
***Em 18-11-2014***

***Fogo do amor***

***Fogo do amor***

Uma sensação diferente,
Altera a vida da gente,
É uma força entusiástica,
Que faz a vida fantástica.

É um querer sem porquê,
Uma vontade de estar junto,
De deitar, dormir e amanhecer,
Tudo fazer para viver com você.

Uma incrível sensação,
Uma tórrida paixão,
Um fogo abrasador.
Envolve nosso amor.

Um amor que é imenso,
Causa um fogo tão intenso,
Sua chama aquece e inflama,
Nossos carinhos na cama.

É uma força natural que clama,
Um sentimento que impulsiona,
Aquele que é amado e que ama.

Claudio Leite
em 15-11-2014

Foto: ***Fogo do amor***

Uma sensação diferente,
Altera a vida da gente,
É uma força entusiástica,
Que faz a vida fantástica.

É um querer sem porquê,
Uma vontade de estar junto,
De deitar, dormir e amanhecer,
Tudo fazer para viver com você.

Uma incrível sensação,
Uma tórrida paixão,
Um fogo abrasador.
Envolve nosso amor.

Um amor que é  imenso,
Causa um fogo tão intenso, 
Sua chama aquece e inflama,
Nossos carinhos  na cama.

É uma força natural que clama,
Um sentimento que impulsiona,
Aquele que é amado e que ama.
 
Claudio Leite  
em 15-11-2014

***CARIOCA***

***CARIOCA***

Uma cidade tão bela,
Com suas praias, montanhas,
Tem uma paisagem de farta beleza,
Uma silhueta graciosa, só dela,
Um morro de linda a visão,
Com nome de Pão,
Um marco de grande esplendor,
Com o Cristo Redentor, agora com luz,
De diversas cores, na noite brilha e reluz,
Uma linda floresta totalmente replantada,
Onde a ganância não tinha deixado nada,
Ainda hoje sofre com a deterioração,
A ação e omissão, a queimada e a invasão,
E nossa cidadela,esta repleta de favela,
Fruto de especulação e concentração fundiária,
Uma gente boa, que trabalha e faz dela,
Uma cidade sem igual,
Um povo amistoso e cordial,
Vivendo de um modo e condição sem igual,
Mesmo depois do carnaval,
O samba é o ritmo marcante,
Mas o que é revoltante,
É a ausência da autoridade,
A sujeira por toda a cidade,
O esgoto que não é tratado,
Nos rios, lagoas e no mar é jogado,
Sujando, poluindo nossos praias e mares,
Que ainda resistem por força da mãe natureza,
Que insiste em conservar sua beleza,
Que nos permite sentar a mesa,
Olhar o mar e beber uma gelada cerveja,
Contar boas histórias,
Falar alguns gracejos,
Tendo sempre a certeza,
Que o amor pela cidade é inteiro,
Que adoro-te meu Rio de Janeiro,
Tenho imenso orgulho e prazer,
Quando posso dizer e responder,
Nasci Carioca, este é meu jeito de ser...

***Claudio Leite***
***17-10-2014***

*MARLI COSTA VIEIRA DO NASCIMENTO!!!*

MARLI COSTA VIEIRA DO NASCIMENTO!!!

Hoje é o seu aniversário,
Parabéns! Felicidades!
De tudo que no mundo existe,
Peço a Deus o que não te deixa triste.

Feliz aniversário para você!
Que possa haver apenas alegria,
No lugar da tristeza d`outro dia,
Para isso te chamo na poesia.

Saiba que o mundo perde a cor,
A melhor comida fica sem sabor,
Quando te percebo quieta e chateada,
Com alguma das minhas trapalhadas.

Olha! O que importa é o sentimento,
Que não morreu, mesmo com o tempo,
Muita coisa pode se apresentar e aparecer,
Mas só o amor verdadeiro vai prevalecer.

Ao londo de nossa vida e convivência,
Caminhamos por uma longa estrada,
Com horas alegres e outras sofridas,
Mas há muita estrada para ser caminhada,
E muita vida para ser vivida.

E hoje, mais do nunca, estamos juntos,
Festejando a dádiva da vida, a nossa união,
Nossos filhos, nossas conquistas e proponho,
Afastemos as dúvidas para que possamos manter o sonho.

Parabéns para você! Parabéns pelo seu aniversário!
Que Deus atenda seus pedidos, que sejas muito feliz,
Que te conceda o seu mais intimo desejo,
Te amo!Te quero, um abraço e um beijo.
***Claudio Leite***
***16-10-2014...


Hoje é o seu aniversário,
Parabéns! Felicidades!
De tudo que no mundo existe,
Peço a Deus o que não te deixa triste.

Feliz aniversário para você!
Que possa haver apenas alegria,
No lugar da tristeza d`outro dia,
Para isso te chamo na poesia.

Saiba que o mundo perde a cor,
A melhor comida fica sem sabor,
Quando te percebo quieta e chateada,
Com alguma das minhas trapalhadas.

Olha! O que importa é o sentimento,
Que não morreu, mesmo com o tempo,
Muita coisa pode se apresentar e aparecer,
Mas só o amor verdadeiro vai prevalecer.

Ao londo de nossa vida e convivência,
Caminhamos por uma longa estrada,
Com horas alegres e outras sofridas,
Mas há muita estrada para ser caminhada,
E muita vida para ser vivida.

E hoje, mais do nunca, estamos juntos,
Festejando a dádiva da vida, a nossa união,
Nossos filhos, nossas conquistas e proponho,
Afastemos as dúvidas para que possamos manter o sonho.

Parabéns para você! Parabéns pelo seu aniversário!
Que Deus atenda seus pedidos, que sejas muito feliz,
Que te conceda o seu mais intimo desejo,
Te amo!Te quero, um abraço e um beijo.
***Claudio Leite***
***16-10-2014...

***A SUA PRESENÇA***

Foto: A SUA PRESENÇA. 
Hoje, quando te vi no portão sorrindo,
Fiquei bobo tal qual um menino sonhador,
Pensei nada mais preciso para ter um dia lindo,
E encantado com seu sorriso, lembrei coisas de amor.

Pensei nas vezes, quando dia amanhecia e o sol nascia,
Eu já acordado com o sonho de estar ao teu lado,
Mas essa proximidade nunca aconteceu, 
Não houve reciprocidade e só quem amou fui eu. 

Mas minhas lembranças não são tristes,
Tivemos momentos únicos, com alegria e felicidade,
Ficamos amigos, verdadeiros, sem rodeios e falsidades,
Mas, espero a oportunidade, que só recebe, quem não desiste.

Ainda hoje, afastados mais não distantes,
Temos uma sintonia que nos mantém próximos,
Temos a cumplicidade e o sigilo dos amantes,
E para meu tormento penso em ti a cada instante.

Nem sempre podemos nos ver muito menos falar,
Mas isso é superado por momentos, como o que se deu,
A sua presença, de repente, a sorrir e a acenar, bem no inicio do dia,
Deu-me energia, uma grande euforia, alegria e inspirou a poesia.
***Cláudio Leite***
***12/10/2014***

***POR UM MOMENTO***

Foto: ***POR UM MOMENTO***
Sabe o que eu queria neste momento,
A despeito de qualquer tipo de problema,
Sem ter a preocupação com o que seja,
Conduzir a vida para onde o nariz aponte,
Buscar um abrigo para as grandes tormentas,
Preparando o corpo e a alma para o dia da passagem,
Mas sem estar preocupado com ela ou o que aconteça,
Até mesmo, com o fato de que eu envelheça,
O que mais queria, ainda que por um momento,
Ter sido agraciado e abrigado no teu coração,
Que ele me concedesse um pouco do sentimento,
Que seus poros transpiram com pujança,
Que me atenta e atormenta com sua lembrança.  
***CLAUDIO LEITE***
***13-10-2014***

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

***PENSAMENTO.***

***PENSAMENTO.***
Neste momento,
Volto o pensamento,
Para um recente passado,
Lembro e sinto falta de meu irmão,
Covardemente assassinado,
Um tiro covarde, a traição,
Numa noite chuvosa,
Levou meu irmão amado,
Mais um crime sem solução,
Uma ferida aberta e dolorosa,
Que clama por um unguento,
Que diminua o sofrimento,
Do filho, do irmão e da mãe idosa.
***Claudio Leite***
***02-11-2014***

Em frente.

Em frente.

Parece que o tempo não passou,
A negativa, como uma pancada atordoou,
Mas a referência foi mantida, ficou,
E há que seguir em frente e caminhar,
Mesmo que o desânimo queira impedir,
Um rumo na vida, sem demora, deve-se dar,
Mesmo quando não mais se quer ir,
Sob o impacto de ter perdido um grande amor, 
Não se pode esmorecer e submeter-se a dor,
Não, não se pode deixar de buscar a felicidade,
Essa é uma destinação que cabe a toda gente,
Continuar na luta e seguir em frente,
Ir celebrando a vida e os sentidos naturais,
Percebendo até onde somos racionais,
E o que nos diferencia dos outros animais,
E também, o que faz os homens tão iguais.
Claudio Leite
02-11-2014

***Amar em silêncio***

***Amar em silêncio***

Amo-te em silêncio total,
Quase um segredo,
Não que tenha medo,
Mas o receio de causar mau.

É um amor puro e sincero,
Repleto de ternura, sem palavras,
Sem som, promessas, e juras,
Cheio de desejo e sentimento,
Mas não o revelo, não é o tempo.

E nessa peculiar relação,
Vamos seguindo, há que curtir e ser curtido,
Sem um compromisso, sem não,
Sem sim, apenas o que é permitido.

Até aqui temos, apenas o que é vivido,
Que nos é possível, segundo nossa liberdade,
E neste instante que nos é permitido,
Vivemos o momento e, então, tudo é felicidade.

***Claudio Leite***
***02-11-2014***

**Triste Constatação**

**Triste Constatação**

Não sei se é tristeza,
Não sei, não há leveza,
Não há comida na mesa,
Não mais se vê a beleza,
As pessoas se ofendem,
E, também, se agridem,
Numa grande confusão,
Destroem pessoas e a sua relação,
Desapareceu a fineza,
E a boa educação,
E destruindo tudo estão,
Até a natureza.
Em todos os cantos,
No interior e na cidade,
Se o homem não mudar sua ação,
E cultivar a fraternidade e solidariedade,
Continuará com a destruição,
Dos homens e da civilização,
E, até mesmo, da humanidade.
***Claudio Leite***
***05-11-2014***

***Sem solução.***

***Sem solução.***

Sei não,
A sua ausência é por demais sentida,
Ela torna minha vida mais sofrida,
Faz presente e latente uma oculta ferida,
Que não cicatriza e permanece doída.

Sei não,
Tenho claro que entre nós não há solução,
Que todas minhas investidas foram em vão,
Nada consegui para estabelecermos uma relação,
E por tormento, não consigo afastar-te do meu coração.

Sei não,
É uma grande desilusão,
Uma agonia permanente e presente,
Que só me faz buscar uma solução,
Que liberte meu coração, minha razão,
Que me faça livre e independente.

***Claudio Leite ***
**Em 08/11/2014.**

**No escuro.**

**No escuro.**

Já era tarde,
A noite ia alta,
Escura de verdade,
Perdido na cidade,
Vendo passar o tempo,
Assustado com o movimento,
Perdido, sem poder perceber,
Uma luz ou mesmo um sinal,
Tal qual os seus olhos,
Verdadeiro referencial, um farol,
Que norteava minha ação,
Dava sentido e orientação,
Onde hoje, só há o escuro e a tristeza,
Já não consigo ver a beleza,
Nem mesmo a luz de seu sorriso,
Que nesse instante eu tanto preciso,
Como o ar que respiro,
Para sair do escuro,
E buscar tudo que aspiro,
Acreditando no próximo giro,
Desta esfera em que se erra,
Que se habita, espera e se enterra.

***Cláudio Leite ***
***11-11-2014***

***A FINGIDA***

***A FINGIDA***
Hoje eu pude perceber,
Como tu te relacionas,
Como trata as pessoas,
Como vê o que delas pode ter.

O pior é esse jeito amável,
Que ilude e envolve a pessoa,
Se mostra interessada e agradável,
Pretendendo saber e depois caçoa.

Nas tarefas, passa o dia,
Fingindo que há muito o que fazer,
Mas,vive enrolando, mais fala que trabalha,
E é tanta conversa que até atrapalha.

Nas mínimas tarefas que desempenha,
Faz tanto alarde parecendo que fez sozinha,
Adora uma conversa fiada e falar dos ausentes,
Desfaz dos colegas quando não estão presentes.

Adora criar desculpas para não trabalhar,
Defende alguém pensando no que vai ganhar,
De uma carona até mesmo um jantar,
É uma figura, não de pode confiar.

Agora que sua real face pude ver,
Não mais vai me iludir e envolver,
Consegui perceber seu jeito de ser,
Por isso, com você nada quero ter.

***Cláudio Leite***
**Em 12-11-2014**

domingo, 5 de outubro de 2014

terça-feira, 30 de setembro de 2014

*** Querer***

Foto

*** Querer***


Aquela bela mulher,
Que você tanto quer,
Que não consegue esquecer,
Mas que não pode ter,
Registre na memoria,
Guarde com você,
Pois o sol brilha,
Em cada amanhecer.

Cláudio Leite
28-09-2014




4

domingo, 28 de setembro de 2014

***Que Bobeira***

Foto: ***Que  Bobeira***
Já não posso mais esperar,
Olhando a rua para te ver passar,
Nunca te lembras de me ligar,
Sequer uma mensagem enviar,
Não, Não mais ficarei a aguardar,
Que se decida me lançar seu olhar,
Na verdade, pensando e observando,
É fácil constatar, sua indiferença,
Aos meus sinais, as minhas mensagens,
Sinto que estava me enganando,
Numa possibilidade acreditando,
Enfeitiçado pelo seu fascínio,
Encantado com seu sorriso,
Agora, consciente preciso,
Parar e organizar o raciocínio,
Deixar de tecer sonhos e planos,
Evitar persistir ou incorrer em engano,
E, quem sabe, talvez, em outro ano,
Eu não fique te esperando, 
Agora sabendo, que outro caminho, 
É o que estais buscando, 
E cada vez mais se afastando,
Caramba, que grande engano,
Como se pode ficar cego desta maneira?
Da falta de reciprocidade aos planos,
Aos desejos e sentimentos, que bobeira!
Claudio Leite
28-09-2014

***NOITE FRIA***

Foto: **Noite Fria**
Quanta agonia,
Em uma noite fria,
A pele arrepia,
O coração acelera,
Não sabe o que espera,
Vive uma nova quimera,
Não sabe se um dia,
Deixará de ter frio,
Sentirá calafrio,
Por questão de brio,
Mas seguirá sozinho,
Fugindo do desafio,
Presente no caminho,
Que consiste na formação,
De um aquecido ninho,
Repleto do calor, 
De um verdadeiro amor.
***Claudio Leite***
***26-09-2014***

***Pensando na vida***


Pensando na vida

Que mais posso pretender,
Em relação à vida que escolhi,
É certo que hoje tenho aqui,
Quase todas as coisas que sonhei ter.

E o que é mais importante esta feito,
Com a graça divina e muito esforço,
Os filhos são ótimas pessoas, mas sou suspeito,
Pois quanto a eles sou todo incentivo e sempre torço.

Por meu lado, sou advogado,
Pela UERJ formado e no RJ tenho atuado,
Hoje, confesso estou um pouco decepcionado,
Com os rumos que a (in) justiça tem tomado.

Até por isso, estou um pouco parado, afastado,
Passando causas, encaminhado clientes,
A maioria para meu filho, que é advogado,
Cabeça nova, visão no futuro e pés no presente.

Neste caminho e em meio à decepção,
Eis que redescobri e reencontrei um dia,
Uma fonte de prazer, alegria e motivação,
A antiga mania de ler e escrever me trouxe a poesia.
***Claudio Leite***  
 ***25-09-2014***




Foto: Pensando na vida
Que mais posso pretender,
Em relação à vida que escolhi,
É certo que hoje tenho aqui,
Quase todas as coisas que sonhei ter.

E o que é mais importante esta feito,
Com a graça divina e muito esforço,
Os filhos são ótimas pessoas, mas sou suspeito,
Pois quanto a eles sou todo incentivo e  sempre torço.

Por meu lado, sou advogado,
Pela UERJ formado e no RJ tenho atuado,
Hoje, confesso estou um pouco decepcionado,
Com os rumos que a (in) justiça tem tomado.

Até por isso, estou um pouco parado, afastado,
Passando causas, encaminhado clientes,
A maioria para meu filho, que é advogado,
Cabeça nova, visão no futuro e pés no presente.

Neste caminho e em meio à decepção,
Eis que redescobri e reencontrei um dia,
Uma fonte de prazer, alegria e motivação,
A antiga mania de ler e escrever me trouxe a poesia.
***Claudio Leite***
***25-09-2014***

***AFLIÇÃO***

Foto

L E M B R A N Ç A

L E M B R A N Ç A

Tudo que tenho no presente,
Uma imagem dela sorrindo,
Um ósculo, um momento lindo,
Lembrança que não sai da minha mente.

Nada do que tenho vivido,
Acrescenta um novo incentivo,
Percebo que houve uma subtração,
Do que me da força e disposição.

É como se, repentinamente, o corpo,
Estivesse, dissociado e afastado da alma,
Por isto, desesperadamente busco um porto,
Onde possa atracar o barco da vida com calma.

Busco um porto amistoso e que me possa acolher,
Que me permita, de novo, tudo na vida recomeçar,
Afastado, longe e livre de tudo o que me fez sofrer,
E, talvez, de corpo e alma, eu possa voltar a viver e amar.

*****Claudio Leite*****

***INDAGAÇÃO***



***INDAGAÇÃO***

O que dizer?
O que fazer?
Para onde ir?

Porque prosseguir?

Quando se está confuso,
Em que tudo é nada,
Quando nada é tudo,
E a vida está parada;

O que falar?
A quem perguntar?
Quando a resposta,
É o que menos importa;

Para onde ir?
Quando não se quer sair,
Apenas ficar num sofá,
Jogado do jeito que está.

Por onde começar?
Se o início parece fim,
Se o fim simula o inicio,
E tudo leva ao precipício.

Quando não se vê razão,
Quando não há motivação,
Será que mesmo sem ter fé,
Há Validade em uma oração?

Quando se está perdido,
E nada parece indicar,
O caminho certo a continuar,
Como saber que rumo tomar?

Como, quando, onde e por quê ?

Claudio Leite
22-09-2014

Mínimas flores

Foto

A beleza das mínimas flores, 
Se dá não só por suas cores,
Mas pelo modo de apreciar,
Que impregna o olhar,
Com  uma beleza sem par.
Claudio Leite
28-09-2014

***Grande Emoção.***

Foto

sábado, 27 de setembro de 2014

***PERFUME***

Foto

***FRENESI***


***FRENESI***

Essa pequena
Uma linda morena
Ainda que eu tema
E veja o problema
Não vou me furtar
De me fazer notar
Que ela perceba
Toda vez que a vejo
Aumenta o meu desejo
Cresce sem eu saber
A vontade de com ela ter
Dar e obter todo o prazer
De seus cabelos afagar
Sua pele acariciar
E mordiscar e beijar
Seu corpo invadir
Fazendo o que me permitir
Seus seios eriçar
Sua pele arrepiar
O fluído do amor a inundar
Os dedos, a mão e lábios
Nesta troca de fluídos sentir
O deleite a nos possuir
Assim a posse é um frenesi
E o clímax nos vem consumir.

Cláudio Leite

Foto: ***FRENESI***

Essa pequena
Uma linda morena
Ainda que eu tema
E veja o problema
Não vou me furtar
De me fazer notar
Que ela perceba
Toda vez que a vejo
Aumenta o meu desejo
Cresce sem eu saber
A vontade de com ela ter
Dar e obter todo o prazer
De seus cabelos afagar
Sua pele acariciar
E mordiscar e beijar
Seu corpo invadir
Fazendo o que me permitir
Seus seios eriçar
Sua pele arrepiar
O fluído do amor a inundar
Os dedos, a mão e lábios
Nesta troca de fluídos sentir
O deleite a nos possuir
Assim a posse é um frenesi
E o clímax nos vem consumir.

Cláudio Leite

Imagem: Santiago Carbonell
Edição de imagem: Dany WR
#Libertária

Libertária é um espaço aberto para os poetas. Se quiser publicar seus textos, por gentileza, envie para o nosso inbox. Todos são bem-vindos!
Adicionar legenda

***Rio de janeiro...***

***Rio de janeiro...***
Certamente, esta vez, não é a primeira,
Em que me encanto com sua beleza,
Mas ao observar seus contornos,
A face de sua gente, cordial e faceira,
A dádiva com que se reveste sua natureza,

Suas praias, lagoas, montanhas, os entornos,
Fazem o coração disparar pela forte emoção,
Quando essa imensa beleza inunda nossa visão.

***Claudio Leite***
***15-09-2014***


Foto: Cristo, lindo dia e noite! <3 Foto: @Ulysses_rj. #RiodeJaneiro #RJ #Cristo #MarcaRJ

***ALEGRIA***

Foto

A POESIA

Foto

QUERIA

Foto